Vroomm

Vroomm...



Selecione uma página...

Food City 500


1

Kasey Kahne está deveras na mó de cima, depois um 2º no fim de semana passado em Las Vegas eis que é o 1º no seu nº 5 Great Clips Chevy SS a cortar a meta depois de dar 500 voltas ao coliseu de Bristol, este piloto começa a mostrar que podem contar com ele para ser um dos 12 magníficos que irão compor a Chase.  Também Brad Keselowski e Dale Earnhardt Jr parecem querer reservar  o seu lugar na chase o mais rápido possivel,  mas vamos, então, dar 500  voltas a esta pequena oval de 0,533 milhas  com um banking  de 26º-30º nas curvas e 6º-10º nas pequenas rectas.

Kyle Busch e Kasey Kahne trazem consigo os outros 41 concorrentes até à bandeira verde e a corrida começa.

2 E não foi preciso esperar muito para ver alguém na parede, na volta 8  Tony Stewart e o seu Chevy nº 14 entrou em despiste com um pneu rebentado e só parou com a ajuda do muro exterior,  o 3 vezes campeão da Cup Series de certeza não iria ganhar.

Na volta 54 é a vez de Jeff Burton bater no muro depois ter batido na traseira do Chevy de  Montoya, outros pilotos foram “agarrados” na confusão e com alguns estragos  foram eles, Marcos Ambrose ( Ford ), Carl Edwards ( Ford ) e Joe Nemechek  ( toyota ).   A bandeira amarela é mostrada pela 2º vez e alguns pilotos aproveitam para fazer ajustamentos, trocar pneus e encher o tanque de “gasolina”.

Kyle Busch recebe uma penalização de passar pelas boxes  ( pass- through ) por ter violado a velocidade máxima nas mesmas quando fez o seu serviço.

Na volta 70 foi a vez de Jamie Mcmurry no seu Chevy despistar-se sózinho, estava em 3º na altura.  Bandeira amarela e as boxes entram em serviço.

Na volta 77 Denny Hamlin vê a bandeira verde e a corrida recomeça.  Ao fim de várias tentativas, na volta 146, Kasey Kayne consegue passar para 1º depois de Denny ter apanhado alguns retardatários e ter escolhido a linha errada para os ultrapassar. Poucas voltas depois David Gilliland ao tentar evitar ser dobrado acaba na parede trazendo a bandeira amarela. Serviço nas boxes, estratégia de apenas 2 pneus mudados e Kyle Busch volta a estar entre os primeiros.  A corrida recomeça com Hamlin e Kyle a liderarem o pelotão.

Volta 235 e é a vez de Landon Cassil no seu Chevy encontrar o muro, por esta altura era  Kasey quem comandava. Serviços nas boxes e Matt Kenseth arranca em 1º na volta 238.

Volta 250 e é a vez de Almirola no seu Ford visitar o muro exterior depois de ter perdido um pedaço do seu carro e entrar em despiste. Voltamos à bandeira verde com Kenseth na liderança.

Estava Kenseth a liderar desde a última partida quando na  volta 322  Dave Blaney  visita o muro exterior depois de lhe ter rebentado o pneu dianteiro direito do seu Chevy.  Muito tráfego nas boxes e voltamos à corrida  4 voltas depois com Jeff Gordon na liderança depois de ter colocado apenas 2 pneus novos no seu serviçode boxes.

3Volta 346 o bump and run ( bate e foge ) entra em acção, os intervenientes foram Joey Logano e Denny Hamlin, este útimo farto de ter Logano à sua frente dá-lhe um pequeno toque na traseira do  Ford e este perde o controlo e vai ao muro. Num outro artigo irei explorar aquele que seria a grande celeuma do fim de semana de Bristol. 

Feitos serviços nas boxes por quem quis e voltamos à corrida na volta 350 com Jeff Gordon no comando.

Na volta 390 tivemos mais uma bandeira amarela provocada por Jeff Gordon que no seu Chevy, sofreu um rebentamento do  pneu dianteiro direito e foi ao muro levando consigo Matt kenseth que estava nessa altura a tentar tirar o 1º lugar a Gordon. A dianteira do Toyota  de Kenseth ficou completamente destruída e o Chevy de Gordon também ficou bastante mal tratado. A prova tinha acabado para dois grandes protagonistas à vitória final. Entretanto durante este período de bandeira verde verificou-se que apesar de ter a traseira do seu Ford cheia de adesivos Joey Logano estava a aproximar-se dos lugares da frente, o Denny que se cuidasse porque Slice Bread (  fatia de pão – alcunha de Joey Logano ) vinha e vinha cheio de vontade para ajustar contas (  pay back ) .

Feitas as paragens nas boxes ( os carros tinham agora gasolina suficiente para ir até ao fim ) e quando faltavam 100 voltas para o fim da prova esta prometia aquecer ainda mais.

Volta 401 e Brad Keselowski que não parou aproveitando para ganhar posições traz o pelotão para a bandeira verde.

Estava a assistir-se a uma batalha intensíssima   para o 1º lugar quando finalmente Kasey Kahne ultrapassa Keselowski ( 446 ), esta batalha já durava à muitas voltas e estava a proporcionar outros pilotos ( Hamlin,  Kyle Bush ) a juntarem-se à batalha.

Volta 454 e perdemos mais um candidato à vitória, desta vez foi Jimmie Jonhson ( Mr five time – alcunha ) que  trouxe a bandeira amarela quando lhe rebentou um pneu do seu Chevy, o lado direito do seu carro ficou mal tratado e Jonhson apesar de ter continuado a prova fê-la quase em ritmo de passeio.

Os primeiros classificados nesta altura já não queriam nada com a box, preferiam a sua posição tal qual estava no momento. Quem beneficiou bastante com esta bandeira amarela foi Keselowski que aproveitou para poupar gasolina depois de  ter jogado forte na bandeira amarela anterior e não ter parado para reabastecer.  Por esta altura os primeiros eram Keselowski, Kahne, os irmãos Busch, Hamlin, Menard e Logano. Logano iria partir logo atrás de Hamlin na mesma linha nesta partida, a coisa prometia……..

Green flag  na volta 459 e apesar de pequenos toques nesta partida a verdade é que todos prosseguiram sem incidentes a não ser Logano que começou a cair que nem um rochedo na classificação.  Também iria acontecer o mesmo a Denny Hamlin, este tinha um pneu a verter ar e só conseguia fazer as curvas com a ajuda do muro exterior, só visto.

Kasey Kahne

Volta 500 e Kasey Kahne trouxe o seu Chevy à bandeira de xadrez, grande luta entre Kyle e Keselowski com o primeiro a bater o campeão em titulo. De seguida cortaram a meta Kurt Busch, Clint Bowyer, Dale Jr., Newman, Vickers, Menard e McMurry.

Foi uma prova bastante interessante com batalhas por todo lado, os pilotos a aproveitarem toda a largura da pista, alguns acidentes, rebentamentos de pneus e cabeças quentes no final, uma típica prova em Bristol.

Os resultados da prova poderão ser vistos AQUI

A próxima prova disputa-se na oval de 2 milhas na Califórnia no próximo fim de semana.  Poderão consultar mais informações sobre o horário desta prova na categoria Calendário do fim de semana à vossa direita na 4º feira.

E vocês o que é que acharam da prova ????

Deixe uma resposta