Vroomm

Vroomm...



Selecione uma página...

DTM AMERICA


4

Afinal não sonhei na passada semana quando escrevi que o DTM America pode vir a rugir num relativo curto espaço de tempo algures num circuito norte americano. 
 

grand-am-logo-300x168

Foi ontem anunciado e formalizado pela International Motorsports Association ( IMSA ) e GRAND-AM Road Racing uma licença e acordo de cooperação com Internationale Tourenwagen-Rennen que administra o capeonato DTM.imsa-200

Os chefões da IMSA, Grand-am, DTM, ALMS e SuperGT ( estes últimos via video conferência ) juntaram-se todos em Nova York  para participar e assistir à assinatura do acordo entre a Grand-am,DTM e IMSA. Pretende-se que este campeonato arranque em 2015 ou 2016.

img_dtm_logo

Representantes da BMW, Audi e Mercedes também estiveram presentes confirmando a sua vontade para participar neste novo campeonato.

Deixo aqui umas palavras de Jim France o fundador da Grand-am que expressam o pensamento de milhares de fãs do desporto automóvel por esse mundo fora:

“Let your imaginations run off into the future a little bit. Picture fast and furious rod racing, premium automobiles from European, Asian and American manufacturers. Wheel-to-wheel, door-handle-to-door-handle racing. Sixty-five years of NASCAR experience says this will be exciting and entertaining racing.”
 
Como já disse anteriormente, o objectivo é que este novo campeonato inicie em 2015 com pelo menos 8 corridas no calendário, serão corridas de sprint com uma duração de 70 a 75 min. com um mínimo de 18 a 20 carros à partida ( com pelo menos 6 marcas envolvidas mais a possibilidade das americanas, terá que ser um pelotão maior). Estas provas poderão ser incorporadas no calendário da United SportsCar Racing ou noutras series no Canadá ou México.

20110417_SGT_logo

Também a Honda, Nissan e Toyota, que participam actualmente no campeonato japonês de SuperGT, irão estar presentes neste novo DTM America, faltam agora as marcas americanas responderem ao convite que lhes foi endereçado.
 
Existe já um acordo entre o DTM e SuperGT para que a Audi, Honda, BMW, Toyota, Mercedes e Nissan possam participar nos 2 campeonatos acima referidos em 2014. Este será sem dúvida nenhuma o pontapé de saída para verificar se têm capacidade e interesse suficiente para levar a cabo o DTM America.
 
Conseguirão as organizações envolvidas tornar este DTM America uma realidade  ???

5

Pessoalmente acredito que sim, o mercado norte americano é enorme, estamos a falar não só dos Estados Unidos mas também do Canadá e México, logo as marcas serão uma das grandes beneficiadas ao poderem expor os seus modelos de gama mais elevada, seria uma verdadeira guerra de marcas não só na pista como fora dela. Também cada vez mais os americanos olham para as corridas com curvas para a esquerda e direita com mais interesse, a prová-lo está a casa cheia no GP dos Estados Unidos no novo circuito do México.
 
Se este campeonato alguma vez vier a ver a luz do dia irá ser verdadeiramente fantástico. Resta acreditar que todo este esforço não se esfume em nada.

Deixe uma resposta