Vroomm

Vroomm...



Selecione uma página...

Ryan Hunter-Reay vence em Birmingham


1

Com a vitória de Hunter-Reay, o actual campeão, a equipa Andretti Autosport permanece imbatível em 2013.
 
2
Esta é uma daquelas vitórias em que um fã costuma dizer: ” o gajo mereceu todos os tostões hoje, portou-se muito bem”.
 
É verdade, Hunter-Reay mereceu o seu salário, conquistou a pole, andou na frente durante 53 das 90 voltas da prova e no final teve que conter os ataques de Scott Dixon que não queria ficar em 2º lugar pela 4º vez consecutiva nesta pista.

As últimas voltas foram deveras emocionantes com os dois pilotos a darem o máximo, um a fugir e o outro a caçar e no final foram 0,6s a diferença entre eles.
 
Helio Castro Neves chegou em 3º depois de não ter aguentado o ataque de  Scott Dixon mas, em contrapartida, é o novo líder do campeonato. Por falar em líder do campeonato, James HInchcliffe, o anterior líder tirou uma boa sesta enquanto esperava que a prova tivesse uma bandeira amarela para poder ser rebocado para as boxes e, quem sabe, poder continuar a prova depos de ter ficado parado na pista com problemas numa roda.

Mais uma desistência para Dario Franchitti, este é o campeão das desistências, a continuar assim e antes do meio do campeonato já pode começar a pensar em 2014.

3
O rookie Vaultier Tristan acabou a prova em 10º, mais uma boa prestação e Simona não foi além do 18º, as corridas têm destas coisas. em especial nos Indycars onde uma má estratégia das boxes quanto ao timing para reabastecer e o resto do dia pode ser miserável.
 
Quem já não punha os pés há muito tempo ( vários anos)  num Indycar era Aj Almendinger mas este portou-se bem, andou a maior parte da prova em 7º para estragar tudo numa paragem das boxes e perder imenso tempo quando deixou o carro ir abaixo acabando em 19º, rookie mistake como dizia o outro.
 
4
Charlie Kimball cortou a meta em 4º e Will Power em 5º, este está a deixar de colher bons pontos nas “suas” melhores pistas onde é sempre um sério candidato à vitória e depois nas ovais vai ser bem mais difícil recuperar esses pontos.
 
Foi, portanto, uma prova emocionante com apenas uma bandeira amarela, esta logo no inicio, que obrigou os pilotos a conduzir durante muitas voltas seguidas com um tempo bastante quente. Ossos do oficio.
 
A próxima prova será a 21 de Abril nas ruas de Long Beach, califórnia.

Deixe uma resposta