Vroomm

Vroomm...



Selecione uma página...

Kyle Busch para não variar


1O arranque da prova

 
Depois de conseguir a pole, Kyle Busch não fez por menos e venceu a prova que se realizou na oval do Texas depois de ter liderado 170 voltas mais a última que é o que verdadeiramente interessa.
 
2
Mas não foi assim tão simples, o verdadeiro protagonista da prova acabou por ser Martin Truex Jr que dominou a parte final da  prova e só não a venceu porque  uns destroços que estavam na curva 2 “obrigaram”  à bandeira amarela quando faltavam apenas 19 voltas para o fim desta, levando assim a perder toda a vantagem que tinha e a perder a 1ª posição quando os seus mecânicos não foram suficientemente rápidos na mudança dos 4 pneus.
Com a melhor posição na largada, Kyle Busch “apenas” teve de se aplicar no arranque e dar umas quantas voltas verdadeiramente alucinantes conseguindo assim uma vantagem suficiente para aguentar um Truex Jr. que já vinha bastante ameaçador outra vez.
 
Mas a prova não teve só estes dois como protagonistas nos seus Toyotas Camrys,  Jeff Gordon e Dale Jr. também o foram mas pela negativa, ambos tiveram problemas nos seus chevys SS quando até estavam a fazer muito boas provas, o mais engraçado é que o problema de Dale Jr. poderia ter sido “reparado” enquanto competia, bastava ter accionado o botão que liga a bateria  sobresselente visto que a principal estava a dar as últimas, enfim erros de “principiante”.
 
3
Quem também esteve na ordem do dia foram os Fords, não só da equipa Roush que acabaram excelentemente colocados em 3º ( Carl Edwards) e 4º ( Greg Biffle) como os da equipa Penske em 5º para Logano e 9º para Keselowski, mas o protagonismo não vem só dos seus resultados finais, aliás este começou antes da prova ter começado quando a Nascar obrigou a que fossem mudadas peças na traseira dos seus Fords colocando em perigo a participação de Logano na prova visto que estava o pelotão a sair para as pace laps quando, finalmente Logano se viu livre dos stewards que tinham acabado de fazer a inspecção ao seu Ford mas,  este não se viu livre de uma penalização por ter falhado o seu lugar na formação da grelha de partida tendo que começar a prova de último.
 
No final da prova Brad Keselowski mostrou toda sua “raiva” pelo sucedido ao dizer que a sua equipa ( penske ) tinha andado a ser perseguida pela Nascar toda a semana….  Mais achas para a fogueira que vão acabar com umas multas, pedidos de desculpas e, muito provavelmente, uns pontos a menos para  Keselowski e Logano e, ainda, para Penske no campeonato dos donos de equipa.
 
Tirando estes “pormenores” que ainda vão dar muito que falar, a prova acabou por não ser nada de especial, o pelotão espalhou-se pela oval e foi vê-los a comer voltas atrás de voltas com umas bandeiras amarelas pelo meio para apimentar a competição, o que pode começar a assustar a Nascar se  a próxima prova que vai ser no Kansas, também esta de 1,5 milhas tal como a do texas, não melhorar o espectáculo.
 
Para verem resultados finais basta clicar  AQUI e a classificação geral após a prova do Texas  AQUI .
 
Por falar no Kansas, esta disputa-se no próximo domingo às 18h15m aproximadamente.

Deixe uma resposta