Vroomm

Vroomm...



Selecione uma página...

Um Vettel de outro planeta


1

O campeão do mundo de Formula 1 foi até ao Bahrain, colocou o seu capacete de astronauta e foi vê-lo fazer uma prova do outro mundo sem que ninguém se atrevesse a pará-lo. Fantástica a prova do alemão.
 

Eis os resultados do GP do Bahrain:

2

Depois de não ter arrancado tão bem quanto Alonso, caindo para 3º, Vettel ultrapassa o espanhol apanhando-o completamente desprevenido para depois ir ao assalto de Rosberg que liderava3. E não foi preciso esperar muito para isso acontecer, Vettel estava endiabrado ou preocupado com o ritmo dos Lotus que prometiam tentar fazer toda a prova com apenas 2 paragens para troca de pneus. Eu diria que foram as 2 razões que levaram Vettel a fazer um inicio de prova verdadeiramente do outro mundo.
 
Sobre o alemão basta dizer que após a sua 1ª paragem para troca de pneus e depois de ter reocupado a liderança nunca mais ninguém o viu, este limitou-se a controlar o desgaste dos pneus do seu Red Bull  e, em consequência disso, aumentava o seu ritmo quando era necessário.
 
Vamos, então, ao resto GP que foi bastante mais emocionante, desde logo com Rosberg a perder posições devido ao desgaste dos seus pneus traseiros e a Alonso a ficar com a sua prova estragada quando a parte mecânica do sistema de DRS do seu Ferrari deixou de trabalhar, este viu-se forçado a antecipar a sua 1ª paragem nas boxes para que os mecânicos colocassem a asa do DRS no seu lugar visto que esta tinha ficado aberta.  “Resolvido” o problema, o espanhol volta à pista em 18º lugar mas é forçado a voltar às boxes assim que usa novamente o DRS, este voltara a ficar aberto quando Alonso o accionara para ultrapassar Jules Bianchi. De volta à pista depois dos mecânicos da Ferrari terem colocado a “asa” novamente no sitio, o espanhol não mais utilizou esse mecanismo acabando a prova em 8º lugar depois de fazer uma excelente recuperação.
 
Também o Ferrari de Massa teve muitos problemas, começou com um incidente logo no inicio da prova com Sutil obrigando o brasileiro a trocar os seus pneus duros ainda bastante cedo enquanto o Force India ficava com a sua prova estragada,  depois foram mais 3 vindas às boxes para trocar de pneus sendo que 2 delas foi obrigado devido a furos nos pneus traseiros por ter passado por cima de escombros que ficavam espalhados pela pista devido às lutas que havia entre os pilotos. Massa acabaria a prova em 15º lugar.
 
Os Lotus e o Force India de Paul di Resta fizeram uma excelente prova, com o inglês e o finlandês a fazerem apenas 2 paragens para troca de pneus enquanto Grojean, que tinha a mesma estratégia, viu-se forçado a parar na sua box relativamente cedo por ter detritos no radiador fazendo com que a temperatura deste subisse bastante. Ainda assim, o francês acabou a prova em 3º lugar depois de ter parado 3 vezes para troca de pneus dando à Lotus os 2 lugares mais abaixo do pódio. Paul di Resta cortou a meta em 4º com as previsões de que a Force India poderia ser bastante competitiva no Bahrain a confirmaram-se completamente.
 
4
Depois tivemos o caso “estranho” do dia, a Mercedes que parecia ter pela frente um GP de sofrimento devido à forma como o seu bólide estava a “comer” os pneus traseiros acabou por ter em Lewis Hamilton o salvador da Pátria com este a encontrar um excelente ritmo, em especial a partir do meio da prova e a levar de vencida a batalha entre o Mclaren de Perez e o Red Bull de Webber que sucumbiu nas 2 últimas voltas.
 
Por falar em Mclaren, estes mostraram melhorias com Perez em destaque ao fazer uma prova cheia de garra ( talvez demasiada ), que o diga o seu colega de equipa. Foi engraçado ver os 2 Mclaren a batalhar ferozmente por posição com estes, inclusivamente  a tocarem-se várias vezes. Não me parece que este comportamento entre os dois vá voltar a ser visto nos próximos GPs.
 
Cá para trás, o Williams de Maldonado ficou à porta dos pontos, não chegou mas pelo menos bateu os Sauber e os Toro Rosso que são as equipas do “seu” campeonato.
 
A Caterham, pelas mãos de Charles Pic, bateu pala 1ª vez a Marussia este ano, as peças novas que foram colocadas no bólide do francês surtiram efeito e este ficou em 1º no campeonato dos últimos.
 
Com o  4º GP do calendário concluído temos Vettel a estender a sua vantagem para 10 pontos em relação a Raikkonen e 27 sobre Hamilton com este a ultrapassar Alonso que tem menos 3 que o inglês.
 
Nos construtores a Red Bull ( 109 pontos ) continua na frente agora com a Lotus em 2º ( 93 pontos ) depois da excelente operação feita pelos seus 2 pilotos. A Ferrari cai para 3º ( 77 pontos ) depois de ver os seus 2 pilotos terem problemas durante a prova.
 
Está concluído o GP do Barahain que, excluindo o 1º lugar de Vettel, teve emoção até dizer chega. A próxima prova será em Espanha no circuito da Catalunha daqui a 3 semanas com as equipas a aproveitarem  este intervalo de tempo para construírem novas peças para melhorar a performance dos seus bólides, vamos agora ver quem “ganha” a corrida fora da pista.
 
E voçês, o que é que acharam do GP do Bahrain ??

Deixe uma resposta