Vroomm

Vroomm...



Selecione uma página...

Kevin Harvick levou a melhor em Richmond


Esta foi uma prova cheia de emoção onde houve de tudo um pouco, acidentes durante a prova e pilotos chateados no final desta, foram o prato do dia com Harvick a levar a melhor ao conseguir a vitória.
 
2As primeiras 230 voltas pertenceram aos Toyotas de Kenseth e Bowyer, estes foram, basicamente, os únicos a liderar a prova. Até aqui os aspectos mais relevantes tinham sido a luta de Gordon com o seu Chevy a não corresponder ao que tinha mostrado nos treinos e Jimmie Johnson a mostrar exactamente o contrário. Também, por esta altura, Kasey Kahne começava a dar mostras de dificuldades e ao contrário tínhamos um Kurt Busch, Montoya e Truex bastante competitivos. Também Brad Keselowski foi protagonista ao despistar-se sozinho mas a ser capaz de recuperar mostrando ter um Ford bastante competitivo.
 
Mas foi na volta 233, com o despiste de Biffle, que a prova “aqueceu”. Com o recomeço na volta 239,  Matt Kenseth liderou  até que Kyle Busch o ultrapassou na volta 254 liderando até à volta 293, altura em que mais uma bandeira amarela interrompeu a prova fruto de Travis Kvapill ter batido no muro.
 
A prova recomeçou com os irmãos Busch no comando com o mais velho, Kurt Busch,  a levar a melhor até que Kvapill traz de novo a bandeira amarela, desta vez foi fluido espalhado na oval pelo seu Toyota.
 
Nesta paragem vários foram os pilotos que aproveitaram para ficar na pista ganhando posições enquanto outros aproveitavam para reabastecer e trocar pneus sendo que um deles, 3Kyle Busch, apanhou um enorme susto ao evitar ser penalizado por ter entrado na zona de cumprimento de entrada nas boxes por um “cabelo”.  Só que pelo que aconteceu a seguir, na volta 328, mais valia ter apanhado essa penalização porque este acabou com o seu Toyota  a bater no Chevy de Jimmie Johnson quando este foi abalroado por Tony Stewart que perdeu a traseira do seu Chevy ao tentar ultrapassar o SR 5 x campeão.
 
Umas voltas mais à frente, volta 339, e foi a vez de Mark Martin e Kasey Kahne se envolverem com Brian Vickers a ter direito a um pedaço, estes 3 ficaram por aqui no diz respeito a um bom resultado final.
 
Com Montoya a liderar,  foi a vez de Truex trazer a bandeira amarela quando este não conseguiu controlar o seu Toyota ao levar um chega para lá de Kurt quando ambos lutavam intensamente pelo 2º lugar na volta 344. Mais um que ficava com a sua prova meio estragada.
 
Novo arranque com Montoya na frente e não fosse mais uma bandeira amarela a 4 voltas do fim quando Brian vickers acabou definitivamente a sua prova no muro e o colombiano iria vencer pela primeira vez na sua carreira uma prova Nascar disputada numa oval.
 
Não quis o destino e Kevin Harvick com este a arrancar de 7º , mas com pneus novos, para as 2 últimas voltas com os primeiros, no arranque,  a lutar por aderência e a vê-lo passar.
 
Este final teve o condão de pôr mais 2 pilotos chateados com Kurt Busch depois de Truex, foram os casos de Kenseth e Tony Stewart com este a sofrer bastante ao cair de 5º para 18º fruto de mais um chega para lá de Kurt.

4

Tony Stewart a entalar Kurt Busch depois da prova

 
Mais umas desavenças que poderão ter novos episódios nas próximas provas, aliás já começo a perder  quantidade de problemas que há por resolver entre pilotos, nesse aspecto, este ano está a ser um bom ano.
 
Depois desta emocionante prova,  Jimmie Johnson acabou por esticar ainda mais a sua vantagem no campeonato com Carl Edwards a ser o novo senhor que o persegue.  Poderão ver a classificação geral após Richmond  AQUI .
 
Mais uma prova para a história e mais um fim de semana que se aproxima com a Superspeedway de Talladega já nos horizontes. Esta é mais uma daquelas provas em que qualquer um pode vencer basta, para isso, evitar os acidentes e estar lá à frente perto do fim. Depois dos pilotos terem sido bastante “poupados” na superspeedway de Daytona, é natural que em Talladega estejam mais arrojados visto terem, agora, mais peças para substituir eventuais acidentes para além da oval oferecer mais linhas para competir.

 

Divirtam-se.

Deixe uma resposta