Vroomm

Vroomm...



Selecione uma página...

DTM


1

Com praticamente todos os campeonatos nacionais e internacionais de automóveis já a decorrerem a todo o vapor, apenas faltava um para dar o seu pontapé de saída, o DTM ( campeonato de turismo alemão) , mas isso vai deixar de acontecer visto que no próximo fim de semana, também, este se junta ao clube com a 1ª prova a decorrer no circuito de Hockenheim.
 
Este campeonato vai ser composto por 10 provas que visitarão a Inglaterra, Austria, Russia  e Holanda com o resto das mesmas a serem feitas na Alemanha, mas vejamos em pormenor o calendário de provas:
 

  1. Hockenheim na Alemanha a 5 de Maio
  2. Brands Hatch em Inglaterra a 19 de Maio
  3. Red Bull Ring na Austria a 2 de Junho
  4. Lausitzring na Alemanha a 16 de Junho
  5. Norisring na Alemanha a 14 de Julho
  6. Moscow Raceway na Russia a 4 de Agosto
  7. Nurburgring na Alemanha a 18 de Agosto
  8. Oschersleben na Alemanha a 15 de Setembro
  9. Zandvoort na Holanda a 29 de Setembro
  10. Hockenheim na Alemanha a 20 de Outubro

 
O campeonato irá ter novamente as 3 grandes marcas alemãs em confronto, a BMW, que levou o canadiano Bruno Spengler a vencer o campeonato em 2012, a Mercedes e a Audi. Um feito notável por parte da marca da baviera tendo em conta que esta estava no seu ano de estreia neste campeonato após vários anos de ausência. Mas vejamos as marcas uma por uma:
 

BMW

2

O BMW  M3 DTM será o bolide que irá estar à disposição de 4 equipas, são elas:
 

  •  BMW Team Schnitzer que irá ter ao seu dispor os pilotos Bruno Spengler e Dirk Muller;
  • BMW Team RBM com Augusto Farfus e Joey Hand;
  • BMW Team RMG com Martin Tomczyk e Andy Priaulx;
  • BMW Team MTEK com Marco Wittmann e Timo Glock

 


 

AUDI

3

A Audi irá ter à sua disposição o Audi RS 5 DTM e serão, também, 4 as equipas que defenderão a equipas dos anéis, são elas:

 

  • AUDI Sport Team Rosberg com Edoardo Mortara e o Português Filipe Albuquerque;
  • AUDI Sport Team Abt Sportsline com Mattias Ekstrom e Jamie Green;
  • Audi Sport Team Phoenix com os pilotos Mike Rockenfeller e Miguel Molina;
  • AUDI Sport Team Abt com Timo Scheider e Adrien Tambay

 


 

MERCEDES

4

A Mercedes terá ao seu dispor o DTM Mercedes AMG C-Coupê com 3 equipas ( até agora ) a poderem usufruir dessa máquina, são elas:

 

  • Mercedes AMG DTM-Team com os pilotos Gary Paffett e Roberto Merhi;
  • Mercedes AMG DTM-Team com os pilotos Chiristian Vietoris e Robert Wickens
  • Mercedes AMG DTM-Team com os pilotos Daniel Juncadella Pascal Wehrlein

 
Olhando para as 3 marcas e parece que a Mercedes tem “apenas” um cavalo de batalha em Gary Paffett enquanto as outras terão, pela BMW, Bruno Spengler, Martin Tomczyk e “talvez” Andy Priaulx. A  Audi terá em Mattias Ekstrom, Jamie Green, Timo Scheider e ” talvez” Edoardo Mortara os seus maiores candidatos ao titulo. Gostaria de colocar Filipe Albuquerque nesta lista mas não me parece, para já, que este esteja ao nível dos seus colegas de equipa.
 
Este campeonato vai ter umas modificações para 2013 para tentar dar um pouco mais de sal à competição, as modificações são as seguintes;
 

  • DRS para incrementar o nº de ultrapassagens. O sistema funciona da seguinte forma:  A asa traseira  dos Audi, BMW e Mercedes vão poder achatar-se em 15º quando o sistema estiver activado voltando ao seu normal assim que o piloto carregar no pedal do travão. O piloto vai poder voltar a usar o DRS só na volta seguinte mas não haverá mais restrições, ou seja, se a prova tiver 40 voltas, serão 40 vezes que os pilotos poderão usar o sistema.
  • 2 tipos de pneus. A Hankook irá colocar ao dispor das equipas 2 tipos de pneus, os  normais ( anteriormente usados ) e os moles, desta forma  irá proporcionar mais opções no que diz respeito a estratégias de corrida.
  • A janela de reabastecimento vai aumentar e os pneus apenas não poderão ser trocados nas 1ªs e últimas 3 voltas.

Este campeonato pode ser acompanhado na Sporttv, umas vezes em directo e outras, o mais certo, em diferido, de qualquer das formas terão sempre a net como salvaguarda.
 
Os dados estão lançados resta agora esperar para ver como é que se comportam os 24 pilotos e os seus bólides no circuito de Hockenheim.

Deixe uma resposta