Vroomm

Vroomm...



Selecione uma página...

Despenalizações na Nascar


PENSKE RACING

1

Penske Racing teve uma vitória parcial ao conseguir, no seu apelo final, reduzir as penas que os seus pilotos e alguns dos membros da equipa tinham apanhado depois dos seus Fords terem sido apanhados  a fazer batota durante o fim de semana da prova no Texas.  A vitória foi parcial porque  não conseguiram diminuir o valor das multas e os pontos que lhes foram tirados quer no campeonato dos pilotos quer no dos donos de equipa.
 
Vejamos, então o resultado do apelo final em detalhe:
 

  • Confirmadas as multas e pontos de multas que foram originalmente dadas.
     
  • Redução de suspensões de 7 membros de equipa de 6 provas pontuáveis para o campeonato mais a corrida dos campeões para 2 provas pontuáveis mais a corrida dos campeões. Os 7 membros em questão irão falhar as provas de Darlington ( já neste fim de semana ), a corrida dos campeões e a prova em Charlotte, entrando em acção em Dover. A provação até 31 de Dezembro mantém-se.
  •  


     

JOE GIBS RACING

2

Também a Joe Gibs Racing conseguiu que as suas penalizações fossem aliviadas após terem sido ouvidos no seu 1º apelo que decorreu na 4ª feira. E o resultado foi de tal forma bom que Joe Gibs não vai apelar do resultado por achar, agora, mais justas as penalizações impostas após terem “sido” provadas que a sua equipa nada teve a ver com o peso reduzido com uma das peças do motor do Toyota de Matt Kenseth timha.  Vejamos o resultado do apelo:
 

  • A multa imposta ao chefe de equipa, Jason Tatcliff, mantém-se e o nº de provas que iria estar afastado da sua equipa passou de 6 para 1 prova. Também a provação passou de 31/12 para apenas após as próximas 3 provas do campeonato.
  •  

  • Joe Gibs, o dono da equipa, viu os seus pontos de penalização reduzidos de 25 para 12 no campeonato dos donos de equipa.
  •  

  • Ao piloto, Matt Kenseth, também os pontos retirados no “seu” campeonato foram reduzidos de 25 para 12 pontos.
  •  

  • A Toyota viu o seu nº de pontos de penalização aumentados de 5 para 7 pontos no campeonato dos construtores.

 
Inquestionavelmente foram grandes vitórias para as equipas nº2, nº22 e nº20, Keselowski, Logano e Kenseth iriam sofrer bastante se os seus chefes de equipa tivessem de cumprir a 1ª penalização que lhes fora imposta e que eram 6 corridas fora da competição. Com estas novas suspensões, estes pilotos, irão continuar a estar em jogo.

Chegou ao fim mais o episódio das penalizações, outras virão certamente, mas as equipas foram avisadas, não podem “inventar” com o novo GEN 6 car.
 


 

UMA ÚLTIMA NOTA

3

 Denny Hamlin vai participar na prova de Darlington depois de ter sido dado o aval dos médicos, o nº11 vai poder, a partir de agora, começar a sua recuperação.

Deixe uma resposta