Vroomm

Vroomm...



Selecione uma página...

Hélio Castro Neves vence no Texas


1

A 8ª prova da Indycar Series foi até à oval do Texas que prometia grande emoção, não só porque no ano passado foi absolutamente fantástica como este ano o campeonato está ao rubro.

2Afinal nada disso aconteceu, diria mesmo que foi a corrida mais “chata” do ano e tudo por culpa do piloto brsaileiro, Hélio Castro Neves, que  fez aquilo a que se chama uma corrida sem espinhas, sempre em cima do acontecimento desde o inicio da prova controlando os Dallara da equipa Andretti, nas mãos de Ryan Hunter-Reay e Marco Andertti, e atacando numa altura em que estes perderam um pouco de ritmo. Na parte final da prova e depois da última paragem para troca de pneus e reabastecimento, o piloto brasileiro deu-se ao luxo de gerir a sua vantagem poupando os seus pneus e combustível no caso de surgir uma bandeira amarela. Grande prova de Castro Neves que, para além de vencer pela 1ª vez este ano, assume o comando do campeonato.

Em 2º e 3º lugares cortaram a meta Ryan Hunter-Reay, o campeão em titulo e Tony Cannan, o vencedor das 500 milhas de Indianapolis.

Ed Carpenter em 4º e Marco Andretti em 5º,  fecharam o top 5 sendo, ainda, os últimos a acabarem a prova na volta do líder.

A prova teve 3 situações que trouxeram o pace car para a pista, 2 devido a problemas com os Dallaras de Pippa Man e Scott Dixon e a 3ª e última, devido a um despiste de Oriol Servia.

Em termos de campeonato, temos a tabela dos 10ºs da seguinte forma:

  1. H. Castro Neves – 259 pontos;
  2. M. Andretti – 237 pontos;
  3. Ryan Hunter_reay – 232 pontos;
  4. Tony Cannan – 195 pontos;
  5. Takuma Sato – 194 pontos;
  6. Simon Pagenaud – 194 pontos;
  7. Scott Dixon – 193 pontos;
  8. Justin Wilson – 184 pontos;
  9. James Hinchclffe – 176 pontos;
  10. Dario Franchitti – 168 pontos

A  prova seguinte da Indycar Series é já no próximo sábado com a oval de Iowa a ser o palco da batalha que promete ser bastante intensa visto que esta tem apenas 0.875 milhas de extensão.

Deixe uma resposta