Vroomm

Vroomm...



Selecione uma página...

Jimmie Johnson “vinga-se ” em Pocono


Jimmie Johnson a ir embora

Jimmie Johnson, nº48, a ir embora

Sendo a Formula 1 e a Nascar completamente diferentes, também se conseguem encontrar semelhanças, foi o caso do vencedor, em ambas as provas o líder dos respectivos campeonatos venceu e não tiveram adversários à altura para a contestar.

 

Com “apenas” 650 km a separarem as 2 corridas e com os 300 km do GP do Canadá a “encaixarem-se” nas 400 milhas de Pocono, não admira que tenhamos encontrado tantas semelhanças, o vencedor, o pole sitter, o tempo que desafiou as equipas na 6ª e sábado e 2 interessantes provas se exceptuarmos a seca que foram os vencedores.

 

Carl Edwards a liderar antes de JJ reinar

Carl Edwards a liderar antes de JJ reinar

Depois da demonstração de superioridade do Chevrolet nº48 nos treinos, de ter conseguido o melhor lugar nas boxes para a prova depois da qualificação ter sido arruinada devido à chuva, de ter um motor cheio de potência debaixo do capõ e, porque não, ainda estar chateado por ter perdido a prova em Dover de uma forma tão infantil, estavam reunidas as bases para Jimmie Johnson fazer uma prova à Sebastian Vettel na Formula 1.

Ainda que o seu arranque e primeiras voltas não tenham sido propriamente à Vettel, a verdade é que não demorou muito até ter conseguido a liderança da prova ao ultrapassar Carl Edwards e o seu Ford Fusion na volta nº9 de 160. Para se ter uma ideia do seu domínio, o piloto 5x campeão liderou 128 voltas e só não foram mais fruto de uma estratégia diferente de Ryan Newman que lhe roubou 19 voltas.

 

Já que “falei de Ryan Newman”, excelente prova deste piloto que ao acabar a prova em 5º e com o 4º de Tony Stewart, parecem confirmar um ascendente de forma da equipa SHR.

 

Biffle seguido por Kurt, Stewart e Burton

Biffle seguido por Kurt, Stewart e Burton

Mas antes destes, cortaram a meta Greg Biffle em 2º e Dale Earnhardt Jr em 3º com ambos os pilotos a mostrarem que estão em forma depois de resultados menos bons em provas anteriores.

 

Depois dos pilotos da SHR, cortaram a meta os irmãos Busch, em 6º ficou o Toyota de Kyle e em  7º o Chevrolet de Kurt com o mais novo do Clã Busch a mandar lá em “casa”.

 

 

Denny Hamlin em apuros para a chase

Denny Hamlin em apuros para a chase

Em 8º chegou o Toyota de Denny Hamlin que, embora tenha melhorado uma posição na tabela classificativa estando agora em 25º , vai ter que fazer bem melhor para diminuir a sua desvantagem para o 20º classificado, Rick Stenhouse Jr., que até aumentou de 74 para 76 pontos para conseguir o passaporte para a Chase ( se clicar  AQUI , poderão ficar a saber o que é e como funciona a CHASE ) . Kevin Harvick em 9º e Joey Logano em 10º, fecharam o top 10. Fica  AQUI o resto do resultado final da prova.

 

O grande azarado do dia foi Kasey Kahne que estava bastante confiante para esta prova mas que acabou em 36º depois de ter tido problemas mecânicos no seu Chevy logo na 1ª volta obrigando-o a ficar 19 voltas na garagem para reparações.

 

Kenseth e Montoya a verem Logano passar

Kenseth e Montoya a verem Logano passar

A prova teve 6 situações de bandeiras amarelas, a 1ª por “supostos destroços” na oval à volta 67 enquanto as outras foram quase todas de enfiada a partir da volta 134 com umas a seguir às outras devido a verdadeiros incidentes e acidentes em pista.

 

Em relação ao campeonato, Jimmie Johnson, tal como Vettel, esticou a sua vantagem para Carl Edwards de 30 para 51 pontos, estando o seu 1º lugar a salvo, tal como a de Vettel, em pelos menos uma prova. Poderão clicar  AQUI para ver o resto da tabela classificativa após Pocono.

 

Tony Stewart

Tony Stewart

As mexidas mais visíveis nesta tabela encontram-se num novo 10º na tabela com Greg Biffle a expulsar Paul Menard, a continua subida de Tony Stewart que em 2 provas subiu do 20º para o 13º onde está neste momento e Ryan Newman que deixou de ser o 20º, para subir ao 18º, deixando assim Rick Stenhouse Jr com o último lugar elegível para ter o passaporte para a  Chase em caso de conseguir pelo menos uma vitória.

 

A próxima prova será a 1ª de 2 viagens à oval do Michigan, 2 milhas de extensão, uma grande largura de pista com um asfalto quase novinho em folha, serão estes os ingredientes que os pilotos irão encontrar já no próximo fim de semana.

Deixe uma resposta